Excelsa Vitória


Inclina-se à Perfeição o espírito imperfeito, tão rigoroso de si, ao crivo excelso do Outro, despe-se, célere, das quedas do Outono para brincar exultante de Aurora e Primavera.


É áurea a busca pelo augusto trono. Enquanto crispa o fogo da Sua divina pira, verdade, porquanto, Verdade, que é justa, faça-se outra vez verdade, sendo Sina.


Impele à Vitória, longe da sepultura, excelsa companheira, a bem-aventurada Fortuna. Ladeada à coragem, diligente, ela cura todos os males que recaem, em sábia profecia.


É mestra douta, marcial donzela da Sabedoria, que brande as armas ensolaradas da virtude e se faz Verdade, do Reino do Alto, Nume Sublime.


Deise Zandoná Flores Este poema integra o livro ATENA - A ÉGIDE, A LANÇA E A CORUJA


Adquira o seu na Amazon clicando no link: https://www.amazon.com.br/gp/product/6500027132/ref=dbs_a_def_rwt_hsch_vapi_tu00_p1_i3


Ou na editora Clube de Autores: https://clubedeautores.com.br/livro/atena-2


#poesia #poema #Livro #livrodepoesia #livrodepoesias #livronovo #poesias #inteligência #sabedoria #aprendizado #arte #razão #emoção #Atena #Atenalivro #livrodepoemas #Clubedeautores #beleza #alma #Amazon #nãoperca #adquira #Adquirajáoseu #poético #poetisa

2 visualizações0 comentário