O Homem Religioso, o Espaço Sagrado e a Realidade


O desejo - ou a necessidade- do homem religioso de viver em um espaço sagrado, de mover-se em uma atmosfera impregnada do sagrado é o seu desejo de viver na realidade objetiva, não se permitindo paralisar pela relatividade sem fim das experiências puramente subjetivas, isto é, profanas. A realidade absoluta é de natureza divina. Por isso, procura um sinal dos Deuses para o estabelecimento de um ponto fixo de orientação no mundo: um santuário, um altar, um local sagrado. Não encontrando este sinal, lança mão do recurso às técnicas de consagração. No entanto, a consagração não é um trabalho humano propriamente dito. Não é o esforço humano que consagra o espaço. O ritual de consagração só é eficiente à medida que reproduz a obra dos Deuses, os modelos divinos míticos e arquetípicos. E o mítico aqui é o grande modelo do real: não da realidade humana efêmera, isto é, ilusória, subjetiva e ineficiente, mas da Realidade Absoluta divina, eficiente, verdadeira e eterna. Areia Nymphia Fonte: Mircea Eliade. Imagem: "Where prayers are reaching the sky" - Ruins of the Cistercan Abbey, San Galgano, Toscana, Italy ©Baranovszky Photo --->>>https://www.facebook.com/baranovszkyphoto/

#espaçosagrado #homem #religião #Deus #divino #verdade #realidade

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Dessacralização do Mundo

A dessacralização do mundo, de uma perspectiva histórica, é um fenômeno recente. "O homem profano descende do homem religioso e não pode anular a sua história: os comportamentos de seus antepassados q

Crise Existencial e Religião

Uma crise existencial traz à tona questões atemporais na história do pensamento humano, questões sobre a realidade do mundo e a presença do homem no mundo: "até que ponto o mundo e a vida são reais ou

ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram