Antes que o Sol Acorde


Risco, rabisco letras e lixos. Caneta, não me desaponte. Já atravessei muitas pontes entre o ontem e o amanhã. Já morri no presente para renascer em novos enredos antigos, tessituras arcaicas, protótipos de um novo espírito. Risco, rabisco sangue e caprichos. Ame, não importa o quê: se fracassos, se passos trocados, ultrapassados, se velhos hábitos de tornar a morrer. Já me afoguei sob a ponte do armistício, que não conduzia à paz ou a lugar algum. Fui milhares de cacos, tentando ser Um, uma, Una. Descobri-me poeira, pulverizadora de estrelas, em céus que espero serem outros, diferentes do meu. Caneta, não me desaponte. Escute a voz à qual minha mente é surda. Peça à minha mão que, engenhosa, generosa, me-a traduza. Risco, rabisco nó górdios, tristezas e imbróglios. Caneta, desnuda-me em um rasgo... ... como o véu de Nyx rasga o céu, traz a noite e cobre o mundo com seus mistérios. Desvela-me sem desvelar, antes que a tinta acabe, antes que o sol acorde disposto a ofuscar e a fazer sombra sobre o que não quer mostrar. Hei de tentar. Conheço-me o suficiente para não temer mais me espelhar, e ver-me estrela da manhã, como Vênus desfeita em cobre. Todas as minhas sombras estão agora expostas, à luz do dia: marcas, chagas, forças e adagas... A Luz, que é Una, está então posta: luz que não ofusca, luz que ilumina as sombras, luz-véu da noite, que faz ver os sábios, que confunde os tolos, os cegos - os verdadeiramente cegos, que confiam cegamente em seus olhos -, a verem brilhos de glória e fortuna, a tecerem mantos de metódicas lamúrias, cantilenas de carpideiras entediadas... "Ei, fecha os olhos e começa a ver, tal como em uma prece silenciosa. Consegues, então, ver-me, terna e graciosa, acompanhada pelas Graças e pelas Fúrias?" Deise Zandoná Flores

#poema #poesia #DeiseZandonáFlores #luz #graças #Fúrias #somb #sombra #adaga #sol #noite

4 visualizações
ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram