Miseráveis e Ais


A minha ética passa longe da moral. Está no dilema-tabu e no trivial. Eu falo do que eu vejo, como um cínico que não se envolve (e que você despreza!). Ele que denuncia o que vê e, assim, envolve-se mais do que você!, que toma uma das saídas prontas do labirinto, como um rato de laboratório condenado a andar em um caminho projetado por outro. Eu causo uma explosão! Eu tenho a mim entre os principais feridos! Porque eu não suporto essa inércia resultante de tanta incompetência e inépcia! Essa pequenez não me satisfaz... E eu me pergunto

se o seu deus queria vê-lo tão pequeno... Se ele um dia quis, reconheço o meu erro, peço desculpas e cumprimento-o pelo trabalho executado com os incrementos de especiais diligência e eficiência. Não me venha falar em arrogância! Não me venha chamar de arrogante!, por eu não me orgulhar de ser o rato vencedor de uma corrida em um cercado. Não me venha falar em ser semelhante! Não me venha falar que todos

devemos brilhar as mesmas cores, ou que não devemos brilhar cores algumas! Não me venha dizer que devemos ser iguais ou que ninguém deve brilhar mais! Eu nunca serei o holofote de um nadador ou cirurgião. Eu nunca farei melhor o nobre trabalho de um gari. Eu nunca farei melhor investimento do que um experiente investidor. Mas o que eu sou - e sei lá o que eu sou- eu sou melhor do que você. E o que você vê é só o que você acha que vê! Não me venha falar que devemos todos nos nivelar, em prol de humildade ou qualquer outra tagarelice, que qualquer moralista prontamente evoca para justificar a sua própria arrogância em vomitar o seu direito de julgar o dito "semelhante" como arrogante! Se cada um deve estar em seu quadrado, eu quebro todos os quadrados. Meus pés-artistas vão desenhar as formas que puderem e desejarem. Eu não nasci para seguir pegadas! Eu não nasci para fomentar tagarelices! Eu não nasci para proclamar idiotices como leis universais! A minha ética não é moral, é mais! A minha ética não segue um conjunto de regras, faz mais!

Ela não proclama ser boa, procura ser! Ela não busca se desonerar, onera-se! Onera o outro para libertar... ... para ir pastar em outro lugar, um lugar seu e próprio. No meu mato, sou eu que pasto! E as más ideias, eu regurgito... Você não é uma versão melhor de mim para dizer

saber ser quem melhor eu sou ou deveria ser. Você já percebeu como muitos são peritos na arte de ser você... ... desde que seja você? ... desde que o trabalho seja seu? Os meus erros são meus! Tantos peritos em tudo... Acreditam acriticamente em tudo o que ouvem... E, quando alguém acentua bem as palavras, invejam e condenam o patrocínio que ele teve. Teve? Quisera soubéssemos menos e aprendêssemos mais! Assim, não seríamos apenas a soma de miseráveis e ais, miseráveis e ais, miseráveis e ais...

********

#miseráveis #inveja #arrogância #julgar #julgamento #patrocínio #mediocridade #humildade #arrogante #humilde #labirinto #tagarelice #leis #idiotices #pequenez #deus #ética #moral #moralidade #regras #dilema #tabu

3 visualizações
ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram