Sob os Cabelos


Na fila, aguardo um número para pendurar na testa. E eu não sou única: há milhares antes, há milhões depois. Vamos congelar o tempo aqui nessa fila. Vamos sair de cena por um instante. Vamos nos ver de fora, ali parados. Vamos nos perguntar o que viemos fazer ali. É mesmo preciso estar aqui? Na rua, procuro, entre cascalhos iguais uns aos outros, alguns que sejam menos iguais... ... talvez um pouco especiais. O segredo está no menos e no mais. No mais! E eu me pergunto se não é hora de aposentar o sinal de igual e exaltar o diferente e os conjuntos! A matemática talvez seja para isso: descobrir o que viemos fazer nessa fila. Estranho, não? Por que pensar em non sense poético, se é na rotina que o absurdo é exaltado e coroado? Os imperadores estão ávidos pela conquista do melhor posto no belvedere e assim observar o que está à frente e abaixo. E os desenhos nas nuvens poderiam nos tirar de cena... Se é mesmo necessário, por algum non sense da vida, permanecer aqui nesta fila que nos conduz direto ao rolo compressor do espírito, os olhos poderiam assumir o comando; e os pensamentos, o primeiro posto na corrida, instigando a alma a fazer desenhos nas nuvens. E, entre cascalhos, encontrar um pedaço quebrado de espelho que reflita uma nesga de sol e ofusque os olhos. E, de outro ângulo, perceber que o sol, escondido sobre as nuvens, denuncia que o brilho avistado não é nada além do que os olhos de alguém que, estando na fila, redesenhou a própria vida em devaneios, saiu de cena, viu-se de fora, voou acima de si e, por um momento, um momento apenas, brilhou como o sol, antes de cair de pé e sentir doer os tornozelos. Devaneios edificantes, flutuante universo interior sob os cabelos... Existe ouro precisando de garimpo, de olhos fixos nas nuvens por instantes... Pepitas flutuantes...

******

#fila #tédio #rotina #imaginação #nuvens #sonhos #recriação #devaneios #cascalhos #conhecimento #questionamento #matemática #nonsense

6 visualizações
ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram