Plataforma da Emoção


Seja independente, eles dizem Guarde o melhor para si, Guarde o melhor para quem merece, eles dizem, mas quem merece? Eu não espero castelos de areia Não espero companhia acima das estrelas Eu não sei guardar, guardar-me Eu só vivo, Eu só funciono em devoção. Seja livre, eles dizem, Não pertença a ninguém além de a si mesmo, Pertença apenas aos seus sonhos, eles dizem, mas que sonhos? Eu não flutuo acima do chão, Não imagino o mundo em escalas de em cima e embaixo Eu não sei flutuar, Eu só vivo, Eu só funciono em dedicação. Respire, Abstraia meu parecer desarrazoado. Eu sei o que aparece E o que parece não me importa. Eu me importo, Eu importo quem eu amo de todas as formas. Eu já tentei todas as fórmulas, Eu não me adapto a nenhuma delas. Minha vida convida, abre todas as portas, todas as janelas. E eu não me adapto a nenhuma delas Eu não acredito em fórmulas. Meus deuses ficaram na segunda infância Só restaram os meus erros, ansiedades, desesperos ou irrelevâncias. Eu inteira, eu em partes... Eu vivo para pertencer, fazer do amor uma estada prolongada, morada da minha relação, porto seguro. Peço licença aos devotos do futuro, Peço perdão aos partidários da razão, Eu só vivo, Eu só funciono na plataforma da emoção.

****

#declaraçãodeamor #devoção #entrega #razão #emoção #relacionamento

6 visualizações
ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram