Oceano Morto


Como os mortos podem ver, Nós andamos atropelando uns aos outros Vivemos como oceanos mortos Há muito tempo.

Quando foi que nós morremos que eu já nem me lembro? Ainda existem vagalhões dentro de mim. Como os mortos podem ver Eu preciso de alguém em quem confiar, Mas eu não consigo confiar em ninguém. Você me vê na superfície como um oceano morto. Ainda existem maremotos dentro de mim. Tudo o que se pode ver São as ressacas das marés Mas o tédio nunca habita Mares profundos,

Poços sem fundo.

E sem mergulhar Você vai me ver Sempre como um oceano morto Na superfície. No meu oceano, só vivem peixes Que saibam nadar em turbilhões. No meu oceano, só vivem peixes Que precisam viver em turbilhões. E tudo o que você precisa é de um oceano morto E o meu só parece morto na superfície. Em um oceano morto não se vive, Não se vive. E como os mortos podem ver Nós seguimos atropelando uns aos outros Como oceanos mortos na superfície. Seguimos anestesiando maremotos Correndo riscos de nos tornar oceanos mortos. O meu oceano só parece morto na superfície Em um oceano morto não se vive. Não se vive. E eu sigo resistindo A me tornar um oceano morto. Eu tenho maremotos dentro de mim. Minha criança ainda está viva Fazendo uma terrível bagunça. Minha criança ainda está viva Causando uma terrível confusão. Eu tenho um vagalhão dentro de mim Eu escrevo para resistir a tudo isso. Eu resisto a me tornar um oceano morto. E de qualquer forma eu penso: Poseidon não me deixaria ser assim E de qualquer forma eu penso: É o meu rei que ainda reina sobre mim, É Poseidon quem mantém viva ainda assim,

É o meu rei quem mantém as águas em torno de mim. Como os mortos podem ver: Não sou um oceano morto, Eu estou viva ainda assim.

Como os mortos podem ver: Não sou um oceano morto, Eu tenho turbilhões dentro de mim.

********

#oceano #morto #morte #emoção #profundidade #turbilhão

6 visualizações
ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram