Labirinto, Potência e Criação


Quando desmorona a frágil estrutura que sustenta o edifício dos seus sonhos e planos Você fica preso em um imenso labirinto sem saída Sobe no ponto mais alto para olhar os caminhos de cima Não é possível ver o fim, nem a linha do horizonte. Acabaram-se as rotas de fuga. Elas nunca sequer existiram, Eram apenas ilusões e miragens. Seus pés estão feridos, E o chão sob eles está cedendo... "Resista! Lute! Não desista!" E você nem sabe de onde vinham aquelas vozes... Elas confiavam tão cegamente em seus próprios conselhos que nada fizeram para ajudá-lo Percebe agora que estavam todos errados. Suas forças se extinguiram há tempos... Agarrar-se às bordas só prolonga o sofrimento. Se se debate com força na lama, afunda mais rápido. Então decide se aquietar e se manter imóvel E aceitar ver seu futuro reduzido a pó. E é na hora derradeira que seus olhos vislumbram o nada, Que sente que ainda está vivo e separado, E que aceitar ou não o fim é sua escolha. Fecha os olhos, respira em silêncio sentindo o sangue em suas veias Há situações em que simplesmente não é possível agir, apenas silenciar (Se ao menos soubessem que o inferno é vazio e repetição.) E no gélido abraço do nada Seu coração trata de manter seu corpo aquecido Quando decide aceitar a dor e desistir Surge de súbito um algo em seu resgate Algo de estranho com uma voz desconhecida, que provavelmente já estava lá e não foi percebida. Não havia formas de ouvi-la em meio a tantas vozes, gritos e desatinos. Pela primeira vez enxerga vida fora do velho labirinto E lá descobre a origem de todas aquelas vozes. Eram eles que assistiam entretidos o seu longa-metragem Aguardando apenas a diversão do seu grand finale E eis que ressurge interrompendo a projeção. Meneia a cabeça, agradece educadamente por nada. Segue a linha do horizonte sem olhar para trás. Não espera para ouvir as opiniões ou críticas: Sua vida não está aberta a escrutínio público. Dá as costas, sai de mãos vazias. No seu corpo a dor, a lágrima e a alma íntegra Pronta para transformar potência em criação.

*********

#criação #labirinto #pântano

5 visualizações
ATENA

ATENA

Adquira já o seu livro de poesias!

APOLO

APOLO

Adquira já o seu livro de poesias!

HADES

HADES

Adquira já o seu livro de poesias!

AFRODISIA

AFRODISIA

Adquira já o seu livro de poesias!

Patrocine a poetisa. Doe um cafezinho. Grata!

Siga-me nas redes sociais.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram